Mergulho com tubarões na África no Sul | Gansbaai

Mergulho com tubarões na África no Sul

A África do Sul é repleta de natureza, cidades lindas e passeios inusitados. Ao mesmo tempo que você pode ir a um Safari e ver os Big 5 na savana, pode degustar vinhos, ver baleias e mergulhar com tubarões. É a viagem completa, cheia de paisagem e aventuras. Abaixo conto como foi meu Mergulho com tubarões na África no Sul.

Não deixe de ler: Roteiro de 20 dias na África do Sul


O passeio do início ao fim

O mergulho com tubarões na África do Sul é um passeio que envolve algumas horas e etapas, por isso vou contar como ele funciona do início ao fim em forma de cronograma para ficar fácil de vocês entenderem.

  1. 6:15 – Saída de Hermanus para chegar às 7h na empresa White Shark Ventures (foi a indicação do hostel em que estávamos hospedados, há várias outras empresas disponíveis fazendo exatamente o mesmo passeio) que fica em Gansbaai.
  2. 7:00 – Café da manhã na sede da White Shark Ventures e troca de roupa (o John que eles fornecem é muito grosso para suportar a água gelada).Mergulho com tubarões na África no Sul (1)
  3. 7:45 – Reunião para instruções (como funcionará o revezamento na jaula, como se comportar na jaula, acessórios obrigatórios na hora de mergulhar), para entender os riscos, o comportamento dos tubarões e o ecossistema local.
  4. 8:00 – Embarque logo em frente a empresa.Mergulho com tubarões na África no Sul (3)
  5. 8:30 – Chegada no ponto onde há a concentração dos tubarões.
  6. 9:00 – Entrada do primeiro grupo na jaula – A jaula comporta no máximo 5 pessoas por vez e o tempo de permanência varia de 10 a 20 minutos. É possível entrar até duas vezes dependendo do tamanho do grupo.Mergulho com tubarões na África no Sul (2)
  7. 10:30 – Saída no último grupo da jaula e retorno aos cais.
  8. 11:00 – Chegada no cais.
  9. 11:05 – Retorno à White Shark. No local há dois vestiários com chuveiro quente para banho e troca de roupas.
  10. 11:30 – Almoço e devolução dos equipamentos de mergulho.

O mergulho com tubarões vale a pena?

Financeiramente falando, vale muito! A estrutura da empresa desde a sede, os funcionários, materiais e equipamentos até as refeições oferecidas é espetacular, então vale cada centavo. Pagamos 1.200 Rands Africanos por pessoa, mas sei que já está na faixa de 2.000.

Mas com relação ao passeio em si, eu esperava mais. Claro que eu posso ter pego um dia ruim, mas fiquei um pouco decepcionada. Eu também esperava passar mais horas no mar, para poder ter chance de ver mais…

Não vou dizer que o passeio é ruim, pois foi lindo ver tubarões brancos de perto. Mas se eu for comprar com a experiência de ver tubarões em Fernando de Noronha sem precisar de jaula, este passeio da África fica para trás.

Notas importantes:

  • Não há contato com os animais.
  • Os tubarões estão livres em seu habitat natural, por isso cada dia de passeio é diferente. Se você der muito azar, pode não ver nenhum, neste caso o dinheiro não é reembolsado, afinal os custos do passeio como tripulação, refeições, combustível, barco se mantém.
  • Os tubarões não são alimentados, o que poderia causar uma dependência a eles e desequilibrar o ecossistema. Se você, assim como eu, se preocupa com estas questões ambientais, pode ficar tranquilo! Aliás, eles explicaram muita coisa sobre os hábitos destes tubarões que aparecem por lá, eles são em sua maioria passageiros e viajam milhares de quilômetros pelo mar.
  • Apesar do passeio ser “seguro” por conta da gaiola, há riscos envolvidos. O tubarão branco é um animal agressivo, violento, e claro, imprevisível.

Onde ficar

Ficamos hospedados em Hermanus, uma cidade próxima à Gansbaii, no hostel Hermanu’s Backpackers.

A cidade de Hermanus é linda. Tem muita natureza, restaurantes gostosos e é o melhor lugar do mundo para se avistar baleias. Se quiser saber mais sobre Hermanus, leia o post onde eu contei tudo o que eu fiz por lá!

Voltando ao hostel, o Hermanu’s Backpackers vale muito a pena pelo custo benefício – pagamos cerca de 50 reais a diária -, além de ter várias áreas comuns deliciosas como piscina, sala de estar, sala de leitura e cozinha, a recepção do lugar é muito solícita e ele é muitíssimo bem localizado. Amamos!

Reserve uma diária no Hermanu's Backpackers por este link, assim você ajuda meu blog a crescer para eu continuar dando dicas a vocês :)

Dicas Extras

Locomoção

Para aproveitar a África do Sul ao máximo e visitar várias cidades, você vai precisar de um carro alugado para se locomover. Foi assim que fomos de Hermanus até Gansbaii.

Aluguei o meu pela Rent Cars (quando ainda estava no Brasil) e consegui os melhor preços.

As estradas na África do Sul são muito boas, então não precisa pegar um carrão ou um 4×4. Qualquer carro vai te atender super bem!

Internet

Se você quiser internet em Hermanus a melhor solução é comprar um chip com internet 4G ilimitada ainda no Brasil. Chegando na África é só trocar o chip brasileiro por este e pronto!

O chip que eu usei foi da empresa EasySim4U, já é a segunda vez que eu uso chip deles e super recomendo. Eles entregam rapidinho na sua casa!

 

 

Vlog

Veja mais detalhes no vídeo que gravamos durante o passeio.

Não deixe de ler os outros posts sobre a África do Sul:

Beijos,

Mel Campo.

Não passe perrengue na sua viagem! 
Reserve seu hotel ou casa pelo Booking.com 
Tenha internet 4G ilimitada na África com a EasySim4u 
Alugue um carro com a Rent Cars
Faça um seguro viagem com desconto com o Seguros Promo

2 comments Add yours

Comente aqui =)