Os 30 anos chegaram!

30 anos batendo na porta

Quando eu tinha 17 não via a hora de fazer 18.

Os 18 chegaram, os anos voaram, e agoraa já estou fazendo 30 anos. Achei que eu fosse ficar depressiva com o peso da idade, com todas as responsabilidades, com os sonhos que ainda não foram realizados, com o medo de estar envelhecendo e da juventude estar indo embora.

Mas nestes 30 anos de vida aprendi que cada fase é boa de um jeito diferente, todas elas tem suas vitórias e suas derrotas, e que tudo gera reflexão e aprendizado.

Com o passar dos anos, além de já acumular umas ruguinhas, acumulei experiências e muitas histórias para contar. Estudei bastante, conheci muita gente bacana, viajei para várias cidades e países diferentes, pratiquei inúmeros esportes e até fui atleta profissional, encontrei o amor da minha vida, troquei de profissão, descobri inúmeros hobbies, adotei vários animais de estimação, empreendi e fiz tantas outras coisas…

Se alguém me perguntasse se eu mudaria algo do passado, talvez eu dissesse sim. Mas olho para trás e fico feliz, porque só sou esta pessoa hoje por conta deste longo ontem, que durou 30 anos.

Uma nova fase

Nunca fui de criar metas e objetivos para cada aniversário ou virada de ano, mas algo me despertou neste aniversário e me deixou muito reflexiva sobre a marca que eu quero deixar no mundo e sobre qual era meu propósito. Quero ser a melhor versão de mim mesma, aquela pessoa que eu aplaudiria de pé pelas decisões que toma e que me inspiraria diariamente.

Esta melhor versão de mim mesma já vem com projetos, que eu vou contar aos poucos para vocês, afinal porque guardar isso só para mim quando posso compartilhar e inspirar outras pessoas também?

Não poderia estar mais feliz com estes 30 anos, com certeza a melhor versão da Mel está por vir, ou melhor, já está aqui 🙂

Beijos da nova Trintona,

Mel Campo.

Comente aqui =)