Vinícolas na África do Sul: Stellenbosch e Franschhoek

Vinícolas na África do Sul

Elas estão entre as melhores do mundo. Se você ama vinhos ou simplesmente quer visitar grandes e lindas vinícolas e conhecer um pouco do processo de fabricação da bebida, Stellenbosch e Franschhoek são duas cidades para entrarem no seu roteiro quando estiver na Cidade do Cabo. De quebra você ainda vai comer maravilhosamente bem nos restaurantes das vinícolas na África do Sul.

Não deixe de ler: O que fazer na Cidade do Cabo e Roteiro de 20 dias na África do Sul

Stellenbosch

Foi a cidade que o Pedro e eu escolhemos para ser nosso ponto fixo na rota dos vinhos.

A cidade é uma gracinha, cheia de influência européia, com muitos cafés, restaurantes gostosos e claro, muuuuuitas vinícolas. Elas são inúmeras e é difícil escolher quais visitar – cada uma tem um ponto alto que chama atenção.

Entre tantas recomendações de vinícolas na África do Sul e depois de muita pesquisa na internet, escolhemos: Asara, Rust en Vrede, Tokara, Spier, Waterford, Delaire Graff e Dornier. Nos empolgamos muito nas primeiras e claro que não deu para conhecer todas, haha.

Dica: não saia já fazendo o wine tasting logo na primeira vinícola, senão você não vai aguentar até o final do dia (por conta da bebedeira) e também não terá tempo para conhecer as principais. Sugiro fazer somente 2 wine tasting por dia nas vinícolas que você quiser passar mais tempo. Nas outras, prove somente o vinho que mais lhe interessar ;)

Asara

Bons vinhos a preços acessíveis. Gostei de todos os vinhos que eu provei no wine tasting. Vale a vista pela paisagem in-crí-vel também. O entorno da vinícola é muito bonito, cenário perfeito para fotos.

Vinícolas na África do Sul Stellenbosch e Franschhoek Asara

Rust en Vrede

É famosa por ter recebido grandes celebridades. Os vinhos são magníficos! A curiosididade é que a vinícola só produz tintos. Entraram, com toda certeza, na lista dos meus favoritos, apesar do preço um pouco elevado, mas para quem paga em real não sai tão caro.A vinícola é pequena, chique e frequentada pela nata sul africana.

Tokara

Bonita e moderna, com uma vista encantadora das videiras. Pegamos ela fechando, então não conseguimos conhecer muito, nem fazer o wine tasting. Trouxemos um vinho deles para o Brasil e amamos!

Vinícolas na África do Sul Stellenbosch e Franschhoek Tokara

Spier

É uma das mais populares vinícolas de Stellenbosch e da África do Sul por ter rótulos extremamente acessíveis. Os vinhos não são espetaculares, mas são muito bons levando em consideração os preços – na verdade eu aprendi que não há vinho ruim na África do Sul, todos são deliciosos. A Spier domina as prateleiras dos supermercados e das Liquor Stores.

Vinícolas na África do Sul Stellenbosch e Franschhoek SpierA vinícola é gigantesca, cheia de lagos, com muito verde e é um passeio para quase metade do seu dia. Não aconselho fazer o wine tasting, pois há vinhos melhores nas outras vinícolas, mas passe para conhecer o local, é muito bonito!

Waterford

Passamos lá para almoçar, mas o restaurante já tinha fechado, por isso não provamos os vinhos. Estávamos precisando é de comida depois de tanto provar vinhos, haha. Apesar de não poder opinar sobre os vinhos, posso falar sobre a entrada e a decoração de lá – é linda! A arquitetura da vinícola é diferente das outras, parece do século passado.Vinícolas na África do Sul Stellenbosch e Franschhoek Waterford

A entrada para chegar no portão principal é um corredor cercado por videiras, coisa de filme.

Vinícolas na África do Sul Stellenbosch e Franschhoek Waterford 2

Delaire Graff

A mais rica e elegante das vinícolas que eu visitei. É uma das mais comentadas vinícolas na África do Sul. Infelizmente chegamos tarde para o wine tasting também, mas andamos por dentro da Delaire e ficamos encantados com os detalhes de lá. A Delaire vai além de uma vinícola – tem restaurante, lodge, spa, tudo no mais puro luxo. Trouxemos um vinho deles para o Brasil e achamos maravilhoso.

Dornier

Não provamos nenhum vinho nesta vinícola porque estávamos pra lá de Bagdá, haha. Fomos somente para almoçar mesmo e não poderia haver escolha melhor. Pratos lindos e extremamente saborosos.

Franschhoek

A cidade cheia de tradição francesa não tem somente as vinícolas como sensação, mas também o meio de transporte entre elas, o famoso Wine Tram.

Vinícolas na África do Sul Stellenbosch e Franschhoek Wine tram

Wine Tram

Se você já fez um dia de vinícolas por conta própria (seja Stellenbosch ou Franschhoek), recomendo fazer o outro dia com o Wine Tram. As experiências são diferentes e as duas valem muito a pena!

O Wine Tram é um trenzinho retrô que passa por todas as vinícolas de Franschhoek em horários estipulados. Você deve escolher o roteiro com as vinícolas que mais lhe agradam e embarcar.

São 8 linhas ao todo, e cada uma delas passa num grupo diferente de vinícolas, em média 8 ou 9.

Vinícolas na África do Sul Stellenbosch e Franschhoek programação wine tramO itinerário que nós fizemos mudou completamente e não existe mais, acho que eles mudam constantemente o grupo de vinícolas para cada linha. As vinícolas que visitamos foram:

Leopard`s Leap

Os vinhos são bons, mas não excepcionais. Valem o preço! A vinícola é bem familiar, mas com porte de vinícola grande. A parte interna  é bem iluminada e espaçosa. Fizemos o wine tasting e amamos a experiência, porque além dos vinhos serem bons, foi com o melhor sommelier que conhecemos até hoje!

Chamonix

Muito pequena, mas com vinhos incríveis. Não tem muito o que conhecer lá, então foque no wine tasting ou então no almoço. É incrível, nós amamos!

Dieu Donné

A vista é maravilhosa, ela fica em um local bem alto com uma visão privilegiada das videiras. Os vinhos não são maravilhosos, mas tem um ótimo custo benefício.

Rickety Bridge

Já tínhamos bebido muito vinho, então não fizemos o wine tasting. O único vinho que provamos lá foi no sorvete, haha, bem gostoso, por sinal. A vinícola é grande e bem comercial.

Vinícolas na África do Sul Stellenbosch e Franschhoek Rickety Bridge

O nosso itinerário contava com mais três vinícolas, mas infelizmente chegamos atrasados para a primeira visita e perdemos a hora do trem para as duas últimas.

Preço

240 Rands por pessoa independente da linha escolhida.

Pontos positivos

Beba tranquilo: você pode tomar todas, e é o que muita gente faz. Não ter que dirigir para visitar as vinícolas garante um passeio com mais segurança

Admire a vista: você não precisa se preocupar com montagem de roteiro ou seguir mapas ao volante. É só sentar e curtir a paisagem.

Pontos negativos

Schedule: Se você perder um trem, tem que esperar o próximo, pois os horários estipulados são seguidos a risca. O problema de perder um trem é que você perde uma vinícola, então fique de olho no relógio.

Ah, e se você não gostou da vinícola, vai ter que ficar nela até o trem chegar.



Onde ficar

Ficamos 3 noites em Stellenbosch, mas uma diária já é suficiente para visitar as duas cidades – se você não for beber, é claro. Depois de muitas garrafas de vinho, o melhor é dormir pela cidade.

Nos hospedamos no The Vibe Dorp Street, uma pousada bem moderna com apartamentos grandes, iluminados e confortáveis por um ótimo preço. A pousada fica em uma avenida bem movimentada cheia de cafés, restaurantes e mercado. É com certeza uma ótima opção de hospedagem!

Reserve uma diária no The Vibe Dorp Street pelo Booking.com neste link e ajude o blog a crescer

Já deu para perceber que visitar as Vinícolas na África do Sul é algo imperdível, né?

Não deixe de ler os outros posts sobre a África do Sul:

Beijos,

Mel.

Não passe perrengue na sua viagem!
Reserve seu hotel ou casa pelo Booking.com 
Tenha internet 4G ilimitada na África com a EasySim4u
Alugue um carro com a Rent Cars
Faça um seguro viagem com desconto com o Seguros Promo

Comente aqui =)